quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Santa Cruz vence e assume a liderança do Pernambucano


O Calango domina, mas sai perdendo
As duas equipes começaram a partida trocando passes e, com paciência, tentando chegar ao ataque. O Santa Cruz era mais incisivo no setor ofensivo, mas foi do Belo Jardim o primeiro bom momento. Aos 12 minutos, Júnior Maranhão chutou forte de fora da área e Tiago Cardoso espalmou para escanteio. Logo depois a defesa tricolor falhou, Candinho chutou e a bola passou perigosa próxima à meta de Tiago Cardoso.
Estreando como titular, o meia Éverton Heleno procurou aparecer na partida, mas teve dificuldades diante da forte marcação do Calango. Em contrapartida, a marcação do Santa Cruz não era tão eficiente e dava espaços ao adversário. Aos 29 minutos, Vágner vacilou na frente de André Recife. O atacante tocou para Candinho, mas na hora do chute, César afastou.
Apesar de ficar menos tempo com a posse da bola, o Santa Cruz abriu o placar. Aos 40 minutos, Natan sofreu uma falta na entrada da área. Na cobrança, Dênis Marques bateu com categoria, a bola ainda bateu na trave antes de cair no fundo das redes. Os donos da casa até tentaram nos minutos finais, mas desceram para os vestiários em desvantagem no marcador.
Santa Cruz amplia a vantagem, leva um gol e sofre para segurar o resultado
O Belo Jardim voltou para a segunda etapa buscando o gol de empate. Com cinco minutos, o meia Douglas chutou e Tiago Cardoso fez uma grande defesa. Recuado, o time do técnico Marcelo Martelotte sofreu pressão até os 15 minutos e teve dificuldades para chegar ao ataque.
E, assim como foi na primeira etapa, o Santa Cruz marcou um gol de falta quando não estava bem na partida. Aos 17 minutos, mais uma vez, Natan foi derrubado na entrada da área. Na cobrança, Luciano Sorriso chutou, a bola desviou na barreira e entro no ângulo direito do goleiro Romero.
Mesmo depois de ter sofrido mais um revés, o Calango não se abateu no jogo e continuou com a postura ofensiva. Por consequência, conseguiu diminuir o placar. Aos 29 minutos, após cruzamento na área, Muller, em posição irregular, completou para o gol. A pressão dos Belo Jardim aumentou e Muller esteve perto de marcar outro. Ele recebeu na área, deu um chapéu em Vágner, mas na hora do chute mandou para fora. No último lance da partida, em uma falta próximo da área, Júnior Maranhão mandou uma bomba para fora.

FICHA DO JOGO
Belo Jardim 1
Romero; Felipe Almeida (Muller), Alenilson, Eduardo Eré e Fernandinho; Júnior Maranhão, Xinho, Douglas e Yannick; Candinho e André Recife. Técnico: Edson Leivinha
Santa Cruz 2
Tiago Cardoso; Marquinho, Vágner, César e Tiago Costa; Anderson Pedra, Luciano Sorriso (Éverton Sena), Éverton Heleno (Jefferson Maranhão) e Natan (Danilo Santos); Flávio Caça-Rato e Dênis Marques. Técnico: Marcelo Martelotte
Local: Sesc Mendonção (Belo Jardim)
Árbitro: Cláudio Mercante
Assistentes: Clóvis Amaral e Bruno Vieira
Gols: Dênis Marques (aos 40 do 1°/T); Luciano Sorriso (aos 17 do 2°/T) e Muller (aos 29 do 2°/T)
Cartões Amarelos: Eduardo Eré, Xinho e Muller (Belo Jardim); César, Natan, Flávio Caça-Rato e Anderson Pedra (Santa Cruz)

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Santa Cruz perto de anunciar contração do meia Netinho, ex-furacão



Meia Netinho, comemorando um dos seus gols pelo CAP

Dispensado pelo América/RN, o meia Netinho pode ser contratado junto ao Santa Cruz. O jogador teve boas passagens por grandes clubes, como Guarani, Góias, América-MG, Náutico e Atlético/PR. Se vier, auxiliará Natan, Renatinho, Everton Heleno e Jefferson Maranhão na criação de jogadas. 
Catarinense de nascimento,Canhoto, bom cobrador de faltas, o jogador ficou conhecido no Brasil todo por comemorar seus gols com cambalhotas. No próximo dia 27 de abril, Netinho completará 30 anos. O meia também poder atuar na lateral esquerda.

Goleiro Diego Lima confirmou seu retorno ao Santa Cruz


O goleiro Diego Lima dispensado por Zé Teodoro, por deficiência técnica no segundo semestre de 2012, foi confirmado como novo integrante do elenco coral para a temporada 2013. Segundo a assessoria de imprensa do clube o atleta esteva atuando no Boa Esporte/MG e já se reapresenta junto ao restante do elenco na tarde desta segunda (25) no Arruda, quando o Santa Cruz inicia os trabalhos para o jogo diante o Belo Jardim. 
O Blog da Cobra Coral apurou que Diego Lima  acionou o Santa Cruz na justiça, cobrando salários do ano passado. Assim, Santa Cruz e Diego Lima entram num acordo, já que Marcelo Martelotte aprovou sua vinda.O jogador retirou o processo que movia contra o clube.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Santa vence, mas ainda não consegue convencer


Assim como fez em todos os jogos no Arruda em 2013 (com exceção ao do Fortaleza), o Santa Cruz venceu, mas esteve longe de convencer. Contra o frágil Pesqueira, o Tricolor saiu atrás do placar e só foi conseguir a virada aos 30 minutos do segundo tempo. Os gols foram de autoria de Dênis Marques e do estreante Everton Heleno. Com a vitória, o Santa coloca três pontos na conta do segundo turno e entra no domingo como líder do Pernambucano.
Diante da diferença de tradição entre as duas equipes, seria fácil apontar que o Santa iria ter um início de jogo mais forte. Não foi exatamente o que aconteceu. Logo aos cinco minutos, o Pesqueira perdeu um gol embaixo da barra após cruzamento de bicicleta do atacante.
Depois de levar um susto, o Tricolor passou a assumir o papel de favorito e começou a pressionar. A grande chance coral veio aos 15 minutos, nos pés de Natan e Paulo César. O meia recebeu bola de Jefferson Maranhão na entrada da área e chutou bem. Geday até agarrou, mas deixou o rebote para Paulo César. O atacante, livre, chutou por cima.
 Mas o Pesqueira foi quem chegou melhor novamente. Numa saída bizarra de Marquinho, a equipe do interior roubou a bola e a jogada resultou num belo chute de Neto Bala, que explodiu na trave tricolor.
A tônica do jogo continuou a mesma. Enquanto o Santa Cruz construía algumas situações pontuais, o Pesqueira tinha menos chance. Contudo, quando a chance apareceria, o susto era grande. Aos 30 minutos, a equipe do interior até chegou ao gol. Contudo, o assistente levantou a bandeira e anulou a jogada. As imagens da televisão mostram que o gol foi legal.
Mesmo assim, o Pesqueira conseguiu chegar ao seu objetivo. Aos 39 minutos, em uma jogada de velocidade, depois da falha da defesa, Dadá Pesqueira entrou na cara de Tiago Cardoso e somente teve que dar um leve toque para abrir o placar. Pesqueira 1x0.
Logo na saída de bola, o Santa teve um escanteio mal aproveitado. A jogada resultou em contra-ataque para o Pesqueira. Jonathan arrancou com a bola desde o meio de campo, passou por dois e ficou na cara com Tiago Cardoso. Mas acabou perdendo o gol.
Mesmo jogando um futebol muito abaixo da crítica, o Santa chegou ao empate depois de jogada dos seus dois principais jogadores: Natan e Dênis Marques. Na última jogada da primeira etapa, Luciano Sorriso passou para o camisa 10, que livrou um zagueiro e tocou para DM9 na entrada da área. O atacante chutou rasteiro, no cantinho e empatou o jogo. Santa 1x1 Pesqueira e fim da metade inicial.
A má atuação no primeiro tempo fez com Paulo César nem sequer subisse em campo para a segunda etapa. Em seu lugar, entrou Flávio Caça-Rato. Taticamente, a modificação não deu muito certo. O Pesqueira continuava levando mais perigo, principalmente com Neto Bala.
Mas, individualmente, a entrada de Caça-Rato melhorou a atividade no lado direito. O atacante criou chances e também teve as suas. Só que a mudança fundamental na partida não foi a do xodó da torcida. A entrada de Everton Heleno foi quem deu a vitória ao Santa. Pisando pela primeira vez no Arruda com a camisa do Santa, o volante/meia não decepcionou.
Aos 29 minutos, Dênis Marques fez uma jogada excelente, driblou a zaga do Pesqueira e deixou Everton Heleno na cara do gol. O estreante teve a tranquilidade digna de atacante e deslocou o goleiro Geday com habilidade. Santa 2x1.
 Em falta de Laércio, num contra-ataque muito mal aproveitado por Thomas Anderson e em chute de Deizinho, o Pesqueira até teve suas chances de empatar. Mas a equipe do interior acabou não sendo feliz nas finalizações e retorna sem nenhum ponto conquistado.
Já o Santa conquistou a vitória com muito sofrimento, mas não agradou a torcida. No final da partida, o som predominante foi a vaia dos adeptos corais. O Tricolor retorna ao campo na próxima quarta-feira, para enfrentar o Belo Jardim. O jogo será fora de casa.
FICHA TÉCNICA
Santa Cruz
Tiago Cardoso, Marquinho, César, Vágner e Tiago Costa; Anderson Pedra, Luciano Sorriso (Everton Heleno), Jefferson Maranhão (Everton Sena) e Natan; Paulo César (Flávio Caça-Rato) e Dênis Marques. Técnico: Marcelo Martelotte.
Pesqueira
Geday; David, Stanley (Deizinho) e Jhonny; Dadá Pesqueira, Jânio, Frank (Gustavo), Laércio e Théo (Thomas Anderson); Neto Bala e Jonathan. Técnico: Humberto Santos.
Gols: Santa Cruz – Dênis Marques e Everton Heleno; Pesqueira – Dadá Pesqueira
Cartões Amarelos: Santa Cruz - Luciano Sorriso, César, Vágner, Flávio Caça-Rato; Pesqueira - Jhonny, Laércio, Stanley
Árbitro: Luiz Sobral
Assistentes: Albert Junior e Ricardo Chianca
Público: 8.501
Renda: R$ 60.576

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Renatinho volta a sentir lesão e está fora da estreia do Pernambucano

O meia Renatinho voltou a sentir a lesão na coxa esquerda e está fora da estreia do Santa Cruz no Campeonato Pernambucano, sábado, contra o Pesqueira. Ele treinava com bola pela primeira vez após sentir a primeira vez e, no meio da movimentação, deixou o campo, com a mão no local machucado.

Bastante abatido, Renatinho saiu de campo acompanhado do médico do clube, Gilson Rezende. O meia ainda será observado melhor, mas pelo pouco tempo até a partida do sábada a presença contra o Pesqueira é improvável. No lugar dele, no treino tático, entrou Jefferson Maranhão.

Via: Super Esportes

Grupo de torcedores pede mais transparência e participação à diretoria

Um grupo de torcedores do Santa Cruz, identificado como "Coletivo por um Santa melhor",divulgou na manhã de hoje uma carta aberta direcionada à diretoria do clube e a comunidade de amantes do Santa Cruz Futebol Clube.
Leia a carta na íntegra:


Prezados senhores,
é com grande pesar que nos vemos obrigados a enviar esta correspondência. Nós, grupo de torcedores preocupados com a situação do clube que tanto amamos, vimos com absoluta revolta a eliminação do plantel tricolor da Copa do Nordeste, sob condições que poderiam, sob nossa ótica, ser evitadas. Para aumentar nossa indignação, vemos também o início de nossa participação no Campeonato Pernambucano de 2013 e, a médio prazo, na Série C do Campeonato Brasileiro deste mesmo ano, sem as medidas que julgamos necessárias para a correção de curso. 
Tal situação vem se tornando uma constante desde o final do ano passado, e, em nossa opinião, se continuarmos assim, o Santa Cruz terá um futuro sombrio. Isso, se tivermos um futuro além dos verbetes de enciclopédia. Este é o sinal de alerta que nós, uma parcela significativa de torcedores preocupados e, no caso de muitos de nós, cumpridores de nossos deveres enquanto sócios, estamos dando, não só à diretoria, mas também à massa coral. 
No entanto, não podemos excluir também uma parcela significativa de nossa torcida que, por falta de condições financeiras (somos um clube de caráter popular, lembrem-se) ou de paciência com a sequência de resultados negativos ou percepção de inépcia por parte dos dirigentes, não são associados ao clube. O Santa Cruz, aliás, transcendeu a condição de clube privado para configurar-se como verdadeira instituição de interesse público, afetando a vida de milhões de pernambucanos ou de apoiadores de outros estados, identificados com nossa história. O Santa é grande demais para falhar. Não podemos permitir que isso ocorra. 
É especialmente temerária a baixa qualidade técnica de nosso plantel, composta por jogadores de baixo nível e que outrora estiveram em campeonatos, ainda que no exterior, com qualidade inferior a dos estaduais do Nordeste brasileiro. Outros sequer tiveram oportunidades nas pequenas equipes das quais anteriormente faziam parte, que dirá em grandes clubes do cenário nacional e internacional. No entanto, temos de ver com bons olhos a postura que nosso atual técnico adota dentro de campo, uma verdadeira quebra de paradigmas em relação à gestão de Zé Teodoro, apesar da necessidade de correções pontuais. É uma pena que este não possa contar com uma equipe melhor qualificada para que demonstre todo seu potencial. 
A baixa qualidade técnica dos jogadores atualmente existentes no Santa Cruz é reflexo, imaginamos, da também situação de penúria que vivem as finanças de nosso clube. O que é estranho, visto que os ingressos relativos a patrocinadores, rendas de associados e de dias de jogo deveriam ser substanciais, tendo em vista os desenvolvimentos recentes de fatos que deveriam contribuir para seu aumento. Sabemos do nosso enorme passivo e despesas correntes do exercício, como resultado de nossas obrigações com o fisco e o Judiciário, mas ainda assim temos a sensação de que algo não está muito bem claro e explicado. 
É por isso que escrevemos, e exigimos, para o bem da instituição, as seguintes medidas para que possamos dar início ao restabelecimento do caminho de vitórias que parecíamos estar a trilhar, quando do início desta gestão: 
- A publicação, em meio impresso e eletrônico, em locais e páginas da internet de fácil acesso ao torcedor tricolor, das principais demonstrações contábeis do Santa Cruz Futebol Clube (a saber: Balanço Patrimonial, Demonstração de Resultado do Exercício, Demonstração de Mutações do Patrimônio Líquido e de Lucros e Prejuízos Acumulados, bem como respectivas notas explicativas), nos termos da lei 6.404/76, relativas ao exercício de 2012 e a janeiro de 2013; 
- A realização de auditoria independente nas contas do Santa Cruz Futebol Clube; 
- A abertura de um canal direto de comunicação entre o torcedor tricolor e as instâncias superiores do Santa Cruz Futebol Clube, na forma de uma ouvidoria. 

Outras medidas podem ser oportunamente sugeridas, sempre contando com a participação daquele que julgamos ser o principal patrimônio do Santa Cruz: o seu torcedor. 

Certos de sua colaboração,


Coletivo “Por um Santa melhor”


PROJETO DA ARENA CORAL PERTO DA APROVAÇÃO

Como já vem sendo especulado, a construção de um Shopping Center e a ampliação e modernização do Arruda em Arena Coral realmente irão sair do papel.

Na noite desta terça-feira 19/02 na reunião do conselho deliberativo, o presidente do executivo Antônio Luís Neto revelou algumas informações, acompanhado pelo presidente do conselho deliberativo Sílvio Ferreira, pelo presidente da Comissão Patrimonial José Augusto, e ilustres tricolores como João Caixero e Rodolfo Aguiar.

Como existe uma cláusula de confidencialidade, Antônio Luís Neto apenas tratou de esclarecer o que no momento é permitido, mas assegurou que muito em breve o conselho deliberativo do clube e a assembleia geral de sócios poderão aprovar o futuro do Santa Cruz F.C.

Atenção Torcida Mais Apaixonada do Brasil:
1) O Shopping Center a ser construído no local onde fica toda a sede do Santa Cruz F.C, ao contrário do que vinha sendo divulgado, não será um shopping popular e sim um Shopping seguindo os mesmos padrões dos grandes existentes no Recife, para as classes A, B e C;
2) Ainda sobre o Shopping Center, o mesmo terá 187 lojas, seis âncoras;
3) Em conjunto com a construção do Shopping, será ampliado e modernizado o estádio José do Rego Maciel dentro dos padrões de uma Arena moderna e multiuso.
4) O contrato também irá render ao Santa Cruz F.C, a construção e qualificação dos CTs Valdomiro Silva e Rodolfo Aguiar;
5) Quando estiver em pleno funcionamento, um percentual dos lucros do Shopping será destinado ao Santa Cruz F.C, assim como dos shows e eventos a serem realizados na Arena Coral multiuso, a administração destes será de responsabilidade do grupo investidor;
6) O local onde teremos a construção do shopping continua sendo de propriedade do Santa Cruz F.C;
7) Todas as dívidas do Santa Cruz F.C serão quitadas com este contrato, o pagamento será realizado de forma parcelada dos mesmos moldes que foi realizado recentemente o acordo com a Justiça do Trabalho;
8) Com o pagamento das dívidas garantido, o clube poderá obter a certidão negativa de débito junto à receita federal;
9) A administração da Arena Coral para os jogos e eventos esportivos será de responsabilidade do Santa Cruz F.C;
10) As negociações já estão em termos de valores e percentuais de cada item entre Santa Cruz F.C e Investidores;
11) O projeto como um todo já é de conhecimento e de interesse prioritário pela prefeitura do Recife;
12) Item mais importante, o grupo investidor e rede de shoppings centers responsáveis pela proposta estão satisfeitíssimos com a condução que está sendo realizada por toda a diretoria do Santa Cruz F.C, visto que em nenhum momento vazou informação confidencial. Salientando que a negociação encontra-se em andamento há aproximadamente 12 meses. Com isso reforçamos a imensa torcida coral que apenas aguardem divulgações oficiais realizadas pelo clube, que devido a questões contratuais ainda não podem ser divulgadas, e não deem ouvidos a especulações;
13) Informações técnicas como tempo de duração de obras e outras ainda não podem ser divulgados;
14) A sede administrativa do Santa Cruz F.C será no último andar do Shopping Center a ser construído;

A equipe Loucos pelo Santa gostaria de certificar que a convocação da reunião e indicativo da pauta foi antes do jogo entre Santa Cruz e Fortaleza no Arruda, isso para evitar qualquer tipo de rumores que estas notícias são para afastar as críticas da desclassificação da Copa do Nordeste, infelizmente fato característico a ser utilizado de forma usual.

E parabenizamos a diretoria do Santa Cruz F.C pela condução e foco deste trabalho para o fortalecimento do patrimônio, do nosso glorioso clube.

Via: Loucos Pelo Santa

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Sorriso acredita que elenco tricolor é capaz de conquistar o tricampeonato

Sem fazer suspense em relação ao time que pretende escalar contra o Pesqueira, na estreia do Santa Cruz no Campeonato Pernambucano Coca-Cola, o técnico Marcelo Martelotte realizou um coletivo com o grupo que ele define ser o principal para o jogo do sábado (23), às 20h, no Arruda. O treinador promoveu o retorno de Tiago Costa na lateral esquerda e Jefferson Maranhão, no lugar de Renatinho.


Dessa forma a escalação segue com Tiago Cardoso; Marquinho, César, Vágner e Tiago Costa; Luciano Sorriso, Anderson Pedra, Jefferson Maranhã e Natan; Paulo César e Dênis Marques. Entre os atletas do grupo, Sorriso acredita que com essa formação o Tricolor do Arruda tem condições de conquistar o tricampeonato pernambucano. "Pois um clube com a dimensão do Santa Cruz é capaz e merece ser campeão", enfatizou o atleta, que continuou. "Nós que fazemos parte do clube temos que pensar sempre em conseguir esse título. Começando em fazer boas atuações, a primeira delas no sábado", completou.

Atualmente, o Tricolor tem um grupo liderado pelo capitão César. Além dele, o goleiro veterano Tiago Cardoso e o artilheiro Dênis Marques são líderes natos, que exercem a função de forma simbólica, porém bastante representativa. No entanto, comentou-se muito na falta de postura dentro de campo na Copa do Nordeste e, consequentemente, na ausência de um líder no campo para incentivar os jogadores em momentos críticos. Caso o comportamento do grupo continue de certa forma apático, pode até comprometer o rendimento dos jogadores na nova competição que vem a seguir

Sorriso, por sua vez, observou que o elenco do Santa Cruz se comporta como uma família, em que vários jogadores são influências fundamentais para os demais atletas. César, Cardoso, Dênis Marques, são alguns dos que se sobressaem nesse quesito. "Não vejo que falta um líder para motivar em campo. Temos esses jogadores que sempre dão um toque para os demais, inclusive dentro de campo. Temos vários líderes, não há o que questionar", defendeu o jogador.

Via: Blog do Torcedor

Tricolor inicia treinamentos para a estreia no Pernambucano

Dando sequência aos treinos visando a estreia no Estadual, sábado (23), às 20h, o técnico Marcelo Martelotte comandou treino tático nesta manhã de quarta-feira (20), no Arruda.

Na movimentação, trabalhos distintos com meias e atacantes e, depois, volantes e zagueiro. As novidades, Tiago Costa na lateral-esquerda e Jefferson Maranhão na meia – já que Renatinho se recupera de contratura na coxa. 



No período da tarde, nova movimentação no Arruda e a expectativa para mais um treino com bola.

MAIZENA – Segundo o médico José Carlos Cordeiro Júnior, o lateral-direito Maizena será liberado para a transição na próxima segunda-feira (25). O jogador se recupera de cirurgia no joelho direito e segue em franca recuperação. 
 
Via: Site Oficial

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Análise da Rodada - O Adeus dos Favoritos

Contrariando as expectativas e fortalecendo ainda mais a máxima de que o futebol é uma caixinha de surpresas, a fase das quartas-de-finais da Copa do Nordeste 2013 mostrou que, em competições de confronto direto, decidir o duelo em casa não significa classificação garantida, muito pelo contrário, apenas os times visitantes avançaram para as semi-finais.

 

Confira como foi cada um dos jogos:

ABC 1x2 ASA - Raça Alagoana no Frasqueirão.
Após um empate em 0x0, uma simples vitória classificaria o ABC para a próxima fase e parecia que seria este o rumo do jogo, quando Júnior Xuxa abriu o placar com uma bela cobrança de falta, mas com gols de Didira aos 33 e Osmar (Ex-Santa Cruz/2005) aos 35 do segundo tempo, o ASA garantiu a vitória e a vaga nas semi-finais.

Confira os gols da partida.

Sport 2x2 Campinense - Paraíba reina na Ilha.
Grande favorito por jogar em casa, o Sport não cumpriu o seu papel. Com um futebol fraco, foi facilmente engolido pelo esquema tático do técnico Oliveira Canindé, mesmo abrindo o marcador com Felipe Azevêdo, o rubro-negro pernambucano não suportou a pressão e com gols de Bismark e Zé Paulo, o Campinense calou a Ilha do Retiro, ainda deu tempo pra Felipe Azevedo descontar cobrado pênalti, mas o empate bastava para garantir a Raposa nas semi-finais.
 
 Confira os gols da partida.

Santa Cruz 1x2 Fortaleza - Covardia Coral, Raça do Tricolor do Pici
No confronto mais equilibrado das semi-finais, o Santa recebeu o Fortaleza no Arruda, com mais de 30 mil pagantes, e foi logo abrindo o placar com Denis Marques, e só. Daí pra frente, após uma sucessão de erros por parte do técnico e de seus jogadores, o Santa Cruz era mais uma vez derrotado em casa e de virada pelo Tricolor Cearense. Méritos para o Técnico Vicca, que ao perceber a inofensividade Coral, montou um verdadeiro batalhão de atacantes e foi em busca do resultado. Garra e fome de vitória foram a máxima dos jogadores do Fortaleza, desde o goleiro que defendeu pênalti de Danilo, até o ataque, com Assisinho, que mais uma vez se sagrou no Arruda como o Carrasco do Santa, marcando o gol da virada, o gol da classificação para as semi-finais.

 
   Confira os gols da partida.

Vitória 1x4 Ceará - O Massacre do Barradão
Após fazer a melhor campanha em um dos grupos mais difíceis do Nordestão e arrancar um 2x0 em pleno PV na primeira partida do confronto contra o Ceará, certamente o resultado mais improvável seria a classificação do Vovô no Barradão, o Clube precisaria vencer por três gols de diferença, ou por dois, caso marcasse mais que três gols. E foi exatamente o que aconteceu, O Alvi-Negro não tomou conhecimento do grande favoritismo e foi com tudo pra cima dos Baianos, e logo no primeiro tempo já vencia por 2x0. Veio a etapa final e a vontade só aumentava, o Vovô marcou mais dois gols e só restou administrar o resultado, a esta altura o Vitória precisaria marcar três gols para se classificar e até fez um, mas não foi o bastante. Assim o Ceará conseguiu um feito histórico e avançou para a fase semi-final com o ar de novo bicho papão do Nordestão.
Confira os gols da partida.

CONFRONTOS SEMI-FINAIS:



domingo, 17 de fevereiro de 2013

PÓS-JOGO: Santa Cruz 1x2 Fortaleza - NORDESTÃO 2013

Júnior Madureira faz o primeiro gol do Leão do Picí
Mais uma vez o Santa Cruz deixa a desejar diante do torcedor, na sua primeira derrota dentro do Arruda no ano, nem a reestreia de Dênis Marques foi o bastante para a equipe coral, Dênis abriu o placar do jogo aos 4 minutos, na entrada da grande área, o torcedor do Santa Cruz fez a festa, o time estava equilibrado e tabelando no campo de ataque, isso foi até aos 20 minutos da primeira etapa, onde o Fortaleza equilibra o jogo e começa a agredir o tricolor pernambucano, mas sem muito objetivo.
 No segundo tempo o time do Santa Cruz entrou apenas para se defender, Luciano Sorriso deu a vaga para Leo que tem caractéristicas parecidas para manter a marcação forte, minutos depois Júlio Madureira, iguala o marcador numa cabeçada certeira, sem chances para Tiago Cardoso, com o placar empatado o Fortaleza se empolga e ver a equipe do Santa Cruz apática no jogo, sem forças para puxar contra-ataques, eis que o Santa Cruz tem a chance de ouro aos 40 minutos do 2ª tempo, Danilo Santos que tinha acabado de entrar no lugar de DM9 foi empurrado dentro da área, penalti pro Santa Cruz, que Danilo bate fraco e o goleiro João Carlos pratica a defesa.
 A essa altura do jogo, o Santa Cruz se retrancou mais ainda com 4 zagueiros, William Alves que tinha entrado no decorrer da partida, Éverton Sena, César e Vágner, O Fortaleza teve duas grandes chances, uma de cabeça que passou rente a trave e na sequência foi pego em impedimento, e outra que Júlio Madureira desperdiçou dentro da área, mas ai veio o golpe de miséricordia, Assisinho recebeu uma bola cruzada da direita para esquerda dominou e bateu firme na cara do gol, o Fortaleza sai da igualdade, faz 2x1 no Santa Cruz aos 46min do segundo tempo, e encerra a participação da equipe coral na Copa do Nordeste, com a eliminação na equipe coral, o Fortaleza enfrenta o Campinense que eliminou o Sport por 2x2, a equipe jogava pelo empate, na outra chave o Ceará atropelou o  Vitória por 4x1 no Barradão.


Próximos Jogos:

Ceará x ASA
Fortaleza x Campinense

OBS: As datas e horários dos jogos aindam seram definidas pela CBF

sábado, 16 de fevereiro de 2013

O Cara do Adversário



   Mais uma vez o cara do adversário é o atacante Assisinho. No jogo de ida em fortaleza, o atleta demonstrou bastante agilidade e sempre levando perigo a meta coral. Assisinho mostrou ter um bom domínio de bola, além de grande velocidade, se tornando o principal jogador da equipe cearense.

Assisinho é natural de Juazeiro CE, e foi revelado pelo clube de sua cidade natal, o Icasa. 


Ficha do jogador:

Nome: Francisco de Assis Mota Sobrinho
Nascimento: 1987-07-28
Naturalidade: Juazeiro do Norte (CE
Altura: 1,70
Peso: 66 kg
Posição: Atacante
Clubes: Icasa (CE): 2009 - 2010 Botafogo (SP): 2011 Guarani (SP): 2011 Mogi Mirim (SP): 2012 Oeste (SP): 2012 | Fortaleza (CE): 2012 - 2013.


Obs.: O Fortaleza possui outros atletas de renome nacional, são eles: O zagueiro Ronaldo Angelim e o atacante Leandro, porém Assisinho é o destaque do time na temporada atual.

JOGADORES RELACIONADOS

Saiu a relação dos jogadores que estão concentrados para a partida decisiva de amanhã contra o Fortaleza, valendo vaga nas semi-finais da Copa do Nordeste 2013.

Renatinho segue no elenco e pode figurar no time titular, mesmo ainda não estando confirmado. A outra dúvida é no ataque, se Dênis Marques joga como titular, ou se vai para o banco, devido a todos os episódios polêmicos que envolveram o atleta e a diretoria durante a semana.

GOLEIROS: Tiago Cardoso e Fred

LATERAIS: Marquinho e Patrick


ZAGUEIROS: César Lucena, Éverton Sena, William Alves e Vagner

VOLANTES: Sandro Manoel, Anderson Pedra, Léo e Luciano Sorriso

MEIAS: Renatinho, Éverton Heleno, Natan e Jefferson Maranhão

ATACANTES: Dênis Marques, Flávio Recife, Paulo César e Danilo Santos 



Com isso, o técnico Marcelo Martelotte deve escalar o time titular da seguinte maneira: Tiago Cardoso; Marquinho, César, Vagner e Patrick; Anderson Pedra, Luciano Sorriso, Natan e Renatinho; Dênis Marques (Paulo César) e Danilo Santos.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Elenco treina nesta sexta e time será definido na base do mistério

O elenco Tricolor voltou aos trabalhos nesta sexta-feira (15). O técnico Marcelo Martelotte comanda um treino alemão. A equipe para o jogo de domingo com o Fortaleza, às 16h, no Arruda, está indefinida. Como o jogo vale a vaga na semifinal da Copa do Nordeste, Martelotte se acautela e vai até fechar os portões do Arruda no treino deste sábado.

Neste sábado, treino do Santa Cruz será secreto
 Na movimentação desta tarde, as baixas são o goleiro Tiago Cardoso e o atacante Paulo César por conta da taxa de CK deles estar elevada. Com dores na coxa esquerda, outro que também não treina é o meia Renatinho. Dos três, apenas Renatinho é dúvida para domingo.

Via: CoralNET

Martelotte com dúvidas para escalar o Santa Cruz no domingo

Para o jogo diante do Fortaleza (domingo, às 16h, no Arruda), o técnico do Santa Cruz, Marcelo Martelotte, terá algumas dúvidas para trabalhar nos treinos da sexta-feira (15) e sábado (16), últimas oportunidades para observar quais atletas se encaixam no sistema que ele pretende montar visando à partida das quartas de final da Copa do Nordeste.


 A primeira dúvida é a reestreia do atacante Dênis Marques, que já tomou atitudes que faltaram com o compromisso com o clube. A segunda é a ausência do lateral-esquerdo Tiago Costa, expulso do último jogo com o segundo cartão amarelo. 

Para este caso, a opção é Everton Sena, que inclusive fez o gol do empate por 3x3 diante do tricolor cearense, entrando como terceiro volante e revezando a posição com Renatinho. A outra opção é colocar Renatinho na posição, embora o atleta funcione melhor do meio-campo para o ataque. 

Sobre a esperada reestreia de Dênis Marques, Martelotte explicou que o Santa Cruz precisa das finalizações do artilheiro, mas apenas o atleta pode mostrar capacidade para estar entre os relacionados. "Ele é um bom jogador, com grande poder de finalização. Vamos avaliá-lo nos treinos e resolver no sábado", ponderou o comandante.

Dênis estava cotado para viajar para  o Ceará, no entanto, ele faltou o  treino da última segunda e ficou de fora da lista.     

Via: Blog do Torcedor

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Santa Cruz tem vantagem e cautela para o duelo de domingo

Com o empate em Fortaleza por 3 a 3, o Santa ganhou o direito de empatar por 0 a 0, 1 a 1 e 2 a 2 e ainda conseguir passar para a próxima fase da competição. A partida decisiva acontece no Arruda, na noite deste domingo (17).

O técnico Marcelo Martelotte demonstrou várias dúvidas na hora de escalar o time. Ele aguarda por definição na situação de Renatinho, que sentiu dores no jogo passado. Já que Tiago Costa foi expulso e não integra o elenco para esta partida, a lateral ficou defasada. Se Renatinho estivem em condições, Everton Sena pode permanecer entre os titulares.

Já a novidade foi o anúnico do Presidente Antônio Luiz Neto de uma baixa no preço do ingresso para a partida. A arquibancada superior (geral) está agora com preço de 10 reais, até antes do dia do jogo (até o sábado). Para comprar no dia do jogo (17 de Fevereiro) o preço sobe para 15 reais.


Santa e Fortaleza empatam num jogo de seis gols


O início do jogo foi morno, mas depois dos 15 minutos animou de forma considerável e o Santa Cruz tratou de abrir o placar. O atacante Paulo César recebeu na direita e cruzou para Renatinho, que completou para o fundo das redes, sem deixar a bola cair no chão. Cinco minutos depois, o tricolor pernambucano aumentou a vantagem.  Luciano Sorriso cobrou uma falta da esquerda e Paulo César cabeceou na saída de João Carlos.
Quando o cronômetro marcava 25 minutos, o Fortaleza diminuiu o placar. O volante Esley chutou fraco de fora da área, mas o goleiro Tiago Cardoso falhou e deixou a bola entrar. Logo após o gol do tricolor do Pici, o Santa Cruz levou outro golpe. O meia Renatinho sentiu dores na coxa e teve de ser substituído pelo volante Sandro Manoel.
Depois de 10 minutos de gols e emoção, a partida voltou a ficar truncada no meio-campo. Apenas aos 42, outro bom momento que parecia ser para o Santa Cruz. O árbitro marcou pênalti de Ronaldo Angelim em Danilo Santos. Na cobrança, Marquinho chutou no canto direito e o goleiro João Carlos se esticou para fazer a defesa evitando o terceiro gol dos pernambucanos. Antes do final da primeira etapa, o lateral-esquerdo Tiago Costa cometeu uma falta dura na defesa, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.
Igualdade no número de jogadores e no placar
O técnico Marcelo Martelotte voltou para o segundo tempo com Everton Sena no lugar de Danilo Santos. Mesmo com três zagueiros e três volantes, o Santa Cruz falhou na marcação e sofreu o tento de empate. Aos três minutos, João Henrique cruzou na pequena área, Everton Sena e Tiago Cardoso não se entenderam e deixaram Assisinho livre, que completou para o gol.
Aos poucos o Santa Cruz foi tentando se reorganizar após a sequência de momentos ruins, mas a pressão do Fortaleza era constante. Aos 11 minutos, o meia Natan fez uma boa jogada pela lateral, passou por Ronaldo Angelim e cruzou para Paulo César. O atacante chutou, mas a bola foi para fora. No lance seguinte os cearenses responderam. Assisinho chutou da entrada da área e obrigou Tiago Cardoso a fazer uma grande defesa.
Com um jogador a mais, Vica deixou sua equipe ainda mais ofensiva ao tirar o zagueiro Ronaldo Angelim e colocar o atacante André Luiz. Pressionado, a equipe coral levou a virada. Marinho Donizete recebeu na área e chutou no ângulo esquerdo de Tiago Cardoso, que desta vez, nada pôde fazer.
Se no placar o Fortaleza estava na frente, em número de jogadores tudo voltou a ficar igual aos 30 minutos. O volante Lucas recebeu o segundo amarelo e também foi expulso. Logo, o Santa Cruz conseguiu equilibrar as ações e empatou. Aos 37, Everton Sena chutou forte de fora da área para marcar um golaço. A bola foi no canto esquerdo de João Carlos.
FICHA DO JOGO
Fortaleza 3
João Carlos; Rafinha, Ronaldo Angelim (André Luiz), Gabriel e Marinho Donizete; Esley (João Henrique), Lucas, Jackson e Jackson Caucaia; Assisinho e Júlio Madureira (Everton). Técnico: Vica
Santa Cruz 3
Tiago Cardoso; Marquinho, César, Vágner e Tiago Costa; Anderson Pedra, Luciano Sorriso, Natan e Renatinho (Sandro Manoel); Paulo César (Flávio Caça-Rato) e Danilo Santos (Everton Sena). Técnico: Marcelo Martelotte


Local: Estádio Presidente Vargas (Fortaleza)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Pedro Santos de Araújo e Esdras Mariano de Lima (Ambos de AL)
Gols: Renatinho (aos 15 do 1°/T), Paulo César (aos 20 do 1°/T), Esley (aos 25 do 1°/T); Assisinho (aos 3 do 2°/T), Marinho Donizete (aos 25 do 2°/T) e Everton Sena (aos 37 do 2°/T)
Cartões amarelos: Esley, Lucas e Ronaldo Angelim (Fortaleza); Tiago Costa e Everton Sena (Santa Cruz) 
Cartão vermelho: Tiago Costa (Santa Cruz) e Lucas (Fortaleza)

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

O "CARA" DO ADVERSÁRIO - FORTALEZA


O veloz Assisinho promete infernizar a vida da zaga coral, o atacante foi o carrasco do Santa Cruz no confronto contra o mesmo Fortaleza, ano passado, no Arruda. O atleta marcou o segundo gol da equipe Cearense, virando a partida para o Tricolor de Aço.

Assisinho é natural de Juazeiro CE, e foi revelado pelo clube de sua cidade natal, o Icasa. 

Ficha do jogador:

Nome: Francisco de Assis Mota Sobrinho

Nascimento: 1987-07-28
Naturalidade: Juazeiro do Norte (CE
Altura: 1,70
Peso: 66 kg
Posição: Atacante
Clubes: Icasa (CE): 2009 - 2010 | Botafogo (SP): 2011 | Guarani (SP): 2011 | Mogi Mirim (SP): 2012 | Oeste (SP): 2012 | Fortaleza (CE): 2012 - 2013.


Obs.: O Fortaleza possui outros atletas de renome nacional, são eles: O zagueiro Ronaldo Angelim e o atacante Leandro, porém Assisinho é o destaque do time na temporada atual.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Martelotte esboça time que enfrentará o Fortaleza no Presidente Vargas

Treinador coral promoveu três retornos ao time titular
 
O domingo foi de folga. Porém a segunda-feira foi de trabalho duro. O elenco tricolor voltou aos treinamentos visando a partida contra o Fortaleza na próxima quarta-feira e mudanças no time já foram feitas. Na manhã desta segunda-feira o técnico Marcelo Martelotte realizou coletivo e continuará com mais atividades no turno da tarde.

Como já era esperado, os jogadores poupados na partida contra o CRB estão de volta ao time titular. O zagueiro César Lucena, o volante Luciano Sorriso e o atacante Paulo César treinaram entre os titulares. Com estes retornos, o zagueiro William Alves, o volante Sandro Manoel e o atacante Flávio Caça-Rato deixam os onze iniciais.

Era esperado que o atacante Dênis Marques participasse do coletivo, mas Martelotte decidiu deixa-lo de fora da movimentação. Outro que não esteve presente foi o atacante Philco. O atleta sofreu uma lesão na planta do pé e ficará mais uma semana em tratamento. O time titular no coletivo foi: Tiago Cardoso; Marquinho, Vágner, César Lucena e Tiago Costa; Anderson Pedra, Luciano Sorriso, Renatinho e Natan; Danilo Santos e Paulo César.

Dênis Marques quer jogar contra o Fortaleza na próxima quarta-feira

Artilheiro coral de 2012 disse que tem condições de atuar até 90 minutos se for necessário

O Predador está mais perto do seu retorno. Sem atuar desde a derrota para o Águia em novembro do ano passado, o atacante Dênis Marques deve ser relacionado para a partida contra o Fortaleza nesta quarta-feira. A presença do artilheiro coral de 2012, na primeira partida das quartas de final da Copa do Nordeste, só depende da vontade do técnico Marcelo Martelotte. Dênis disse que ainda não está 100%, mas que está pronto para o desafio.

Mesmo com o carnaval batendo na porta, o atacante declarou que prefere deixar a folia para depois. 

“Tem que segurar e pensar no trabalho. Vamos deixar nossa folia pra depois do campeonato”, explicou o artilheiro. 

Ele ainda lembrou tem treinado muito para estar em campo o mais rápido possível.  

“Já tô bem melhor. Estamos treinando dois horários direto. Acredito que já tenho entre 70 e 80% de condições de ir para o jogo.”
 
Tendo participado das duas partidas contra o Fortaleza na Série C do ano passado, Dênis não tem boas recordações destes confrontos. O artilheiro não balançou as redes dos cearenses e ainda perdeu um pênalti na partida realizada no Ceará.  

Nós sabemos que a equipe deles é forte com o apoio da torcida, mas nossa equipe é muito forte também”, lembrou. 

Ele não sabe se irá jogar, mas já se colocou à disposição do técnico.  

“Eu creio que tenha condições de jogar um tempo e meio. Dependendo de como estiver o jogo até os dois tempos.”

Via: Super Esportes

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

CBF divulga datas dos duelos entre Santa Cruz X Fortaleza

A Confederação Brasileira de Futebol confirmou nesta tarde as datas das partidas da fase de quartas-de-final da Copa do Nordeste 2013.
O primeiro confronto entre Santa Cruz x Fortaleza, que acontece no Ceará, será realizado na próxima quarta-feira (13/02), às 21h15. Já o jogo da volta, que será no Arruda, acontecerá no domingo (17/02), às 16h.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

PÓS-JOGO: CRB X SANTA CRUZ - NORDESTÃO 2013

Santa Cruz vence o CRB por 3 a 2 e acaba com a melhor campanha da Copa do NE, Tricolor terminou a primeira fase da competição na primeira colocação no grupo D, com 15 pontos e um aproveitamento de 83%. Agora, a equipe coral vai enfrentar o Fortaleza


A melhor campanha da primeira fase da Copa do Nordeste é do Santa Cruz. Não foi com folga. Foi sempre na dificuldade, sob críticas. Mas os números são incontestáveis. A vitória por 3 a 2 sobre o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió, nesta quarta-feira, selou a primeira colocação no grupo D, com 15 pontos e um aproveitamento incrível de 83%. A possibilidade de um clássico nas quartas de final está afastada. O adversário coral será o Fortaleza.

O Santa Cruz vem se especializando em marcar gols no início dos jogos. Pela terceira vez na competição, marcou antes dos dez minutos do primeiro tempo. Aos 3, Tiago Costa fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Danilo Santos, que vinha de trás em velocidade, tocou para o gol de primeira. Foi o replay da jogada do gol da vitória por 1 a 0 sobre o Feirense. A única diferença na ocasião foi que o atacante tocou de cabeça. Dessa vez, foi com o pé direito.

O gol logo no início empolgou os tricolores. A impressão inicial era que, com o tento, o CRB ficaria desmotivado em campo, pois já não tem condições de classificação na Copa do Nordeste. E foi o que pareceu nos primeiros 15 minutos. O Santa Cruz conduzia a partida com tranquilidade e criou algumas chances de ampliar o placar. Não conseguiu.

E o CRB que parecia morto, renasceu. Aos poucos, foi tomando o controle da partida. O time alagoano tem como principal característica a velocidade e assim envolveu o Tricolor, que não acompanhava o ritmo do adversário. Aos 32, veio o justo empate. Carlão recebeu no meio da zaga do Santa Cruz, entrou na área e tocou no canto de Tiago Cardoso. Pouco tempo depois, a virada. Aos 43, após cruzamento da esquerda, Jairo, de cabeça, tocou sem chance para Tiago Cardoso.

Durante o intervalo, as atenções se voltaram para a arquibancada. As torcidas organizadas de Santa Cruz e CRB entraram em confronto. Três pessoas terminaram feridas e tiveram que ser levados para o hospital de ambulância. Sem o veículo no estádio, a arbitragem não iniciou o segundo tempo. A bola só rolou cerca de 15 minutos depois.

O técnico Marcelo Martelotte deixou o gramado no primeiro tempo dizendo que iria exigir dos jogadores uma mudança de atitude. O time até demonstrou mais vontade em campo, mas foi só. Falta ainda uma qualidade técnica mais apurada. O CRB não se entregava e dificultava a vida do Santa Cruz, que continuava sem conseguir jogar no mesmo ritmo veloz do adversário. Os laterais corais, Marquinho e Tiago Costa, sofreram muito na marcação.

A derrota para o CRB, aliada à vitória do Sport sobre o Sousa e do Campinense diante do Feirense, determinava, àquela altura, que haveria um Clássico das Multidões nas quartas de final da Copa do Nordeste. A história começou a mudar aos 22 minutos, quando Caça-Rato apostou na jogada individual e partiu para cima da zaga, levando vantagem. Bateu tirando do goleiro, empatando a partida.

E o futuro do Santa Cruz foi selado pelos pés de Marquinho. O lateral, que não vinha se destacando, foi iluminado. Aos 40, levou para cima e, da entrada da área, bateu cruzado, forte, com curva. A bola foi no canto do goleiro Thiago. Estava eliminada a possibilidade de realização do Clássico das Multidões nas quartas de final. Pela frente, o Tricolor terá o Fortaleza. Graças a Marquinho.


Ficha do jogo

CRB:
Thiago; Paulo Sérgio, Ednei, Rodrigão e Edu Silva (Felipe); Diego Aragão, Audálio, Marco Antônio (Paulo Victor) e Jairo; Schwenck e Carlão (Liliu). Técnico: Heriberto da Cunha

Santa Cruz:
Tiago Cardoso; Marquinho, Vágner, William e Tiago Costa; Anderson Pedra, Sandro Manoel, Renatinho e Natan (Léo); Danilo Santos (Philco) e Flávio Caça-Rato (Jefferson Maranhão). Técnico: Marcelo Martelotte

Estádio: Rei Pelé (Maceió-AL). Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN). Assistentes:Ubiratan Bruno Viana e Valdomir Antônio Araújo Júnior (ambos do RN). Gols: Danilo Santos, Carlão, Jairo, Flávio Caça-Rato e Marquinho. Cartões amarelos: Vágner, Ednei, Diego Aragão, Philco. Público: Renda: R$ não divulgados
Via: Super Esportes

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Pré-Jogo: CRB X Santa Cruz, pela Copa do Nordeste!


Como o jogo de hoje é de baixo risco para o Santa, o técnico Marcelo Martelotte optou por poupar três titulares pendurados com dois cartões amarelos: o zagueiro César, o volante Luciano Sorriso e o atacante Paulo César. Eles serão substituídos, respectivamente, por William Alves, Sandro Manoel e Flávio Caça-rato. O restante do time será o mesmo que venceu bem o Campinense, sábado passado. Marquinho e Tiago Costa atuarão nas laterais, enquanto Vágner será o companheiro de William na zaga. Anderson Pedra, Renatinho e Natan comporão o restante do meio-campo e Danilo Santos permanece como titular na linha de frente

De acordo com o comandante coral, o time precisa se impor diante dos alagoanos. “Desde o início, a gente tem que mostrar a diferença de interesse das duas equipes. O Santa Cruz tem que ser uma equipe interessada, pois depende desse resultado para ser o primeiro do grupo, o que é muito importante para nós. Já o CRB é uma equipe que não tem mais nada a disputar nessa competição, mas por outro lado a questão da falta de uma responsabilidade maior pode fazer que o CRB jogue mais solto, à vontade, e nos dificulte, até porque é um time que tem qualidade para isso. Mas com relação à motivação, vontade e necessidade de vitória, o objetivo desde o início é que a nossa equipe demonstre isso e o adversário saiba que vamos a Maceió buscar essa vitória que necessitamos”, explicou.
Para o volante Sandro Manoel, esta nova chance entre os titulares precisa ser aproveitada da melhor forma possível. “É um jogo muito importante para mim. É outra oportunidade que eu tenho de mostrar meu trabalho. Espero que dê tudo certo dentro de campo”, afirmou o jogador, remanescente da temporada passada e que perdeu a vaga entre os 11 justamente para Luciano Sorriso. No jogo de hoje, Sandro ressalta que é preciso atuar com inteligência. “Eu me preocupo muito com a marcação e acabo não avançando muito para o ataque. Nesse jogo, espero chegar mais à frente e arriscar com sabedoria”, observou o jogador.

CRB/AL
Sem chances de classificação à próxima fase da Copa do Nordeste, o CRB não só já traçou seus planos para a partida, como também definiu o que fará após cumprir tabela pela última partida da competição. Os alagoanos ficarão 28 dias sem disputar jogos oficiais. Nesse período inativo, os jogadores vão aprimorar a parte física e farão alguns amistosos antes de começar o Campeonato Alagoano. Po­rém, antes do início da pré-temporada, os atletas querem terminar sua participação no Nordestão com uma vitória em cima do Santa, já classificado para a segunda fase. No primeiro turno, os times duelaram no Arruda e o Santa saiu vitorioso por 1x0. Com seis pontos e na terceira colocação do Grupo D, a equipe só conquistou uma vitória, contra o Feirense, na segunda rodada do torneio.
Ficha do jogo:
CRB/AL : Thiago; Paulo Sérgio, Ednei, Rodrigão e Edu Silva; Diego Aragão, Audálio  Marco Antônio e Jairo, Schwenck e Carlão. Técnico: Heriberto da Cunha

Santa Cruz : Tiago Cardoso; Marquinho, Vágner, William Alves e Tiago Costa; Anderson Pedra, Sandro Manoel, Renatinho e Natan;  Danilo Santos e Flávio Caça-rato. Técnico: Marcelo Martelotte

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió)
Horário: 21h15
Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Assistentes: Ubiratan Bruno Viana e Valdomir Antônio de Araújo Jr. (ambos do RN)
Ingressos: R$ 30 (cadeiras) e R$ 10 (arquibancada)

Dirigente do Santa Cruz garante que vai anunciar novo meia até sexta-feira

Constantino Júnior diz que dois jogadores estão sendo sondados pelo clube

A torcida do Santa Cruz pode ter uma surpresa para a próxima sexta-feira. O diretor de futebol do clube, Constantino Júnior, revelou que tem a intenção anunciar um meia até a data de fechamento das inscrições da Copa do Nordeste, que se encerra no dia 8.

- Estamos sondando dois jogadores que atuem como aquele meia de ligação, articulador, com as mesmas características de Natan. Estamos sondando e queríamos aproveitar a data limite para inscrever esse atleta. É um atleta para jogar junto ou fazer sombra a Natan, até porque lesões e suspensões acontecem e precisamos fortalecer o nosso grupo.

Nos últimos dias, o nome do meia Marcelinho Paraíba vem ganhando força nas redes sociais como sendo esse alvo apontado por Constantino Júnior. No entanto, o diretor negou qualquer interesse ou contato com o ex-armador do Sport e do São Paulo.

- Marcelinho Paraíba é um grande jogador, mas não faz parte do perfil que esperamos para o nosso planejamento. Tanto pelo lado financeiro, quando pela questão comportamental. Não pensamos nele, isso foi notícia plantada por rede social.

Via: Globo Esporte

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Martelotte escala Caça-Rato e William Alves no time titular do Santa Cruz

Sandro Manoel é outra novidade na equipe; Mudanças foram motivadas pela ausência três jogadores poupados para a partida contra o CRB

Para o confronto com o CRB, quarta-feira, às 21h15 (horário do Recife), no Rei Pelé, o técnico Marcelo Martelotte definiu os substitutos dos jogadores poupados por conta do segundo cartão amarelo. O zagueiro William Alves, o volante Sandro Manoel e o atacante Flávio Caça-Rato entram respectivamente no lugares de César, Luciano Sorriso e Paulo César, mostrando que o treinador mudou de ideia sobre ir com força máxima contra os alagoanos.

- Estava falando sobre não poupar jogadores por questões físicas, mas no caso dos pendurados tive que abrir uma exceção. Mesmo que esse jogo tenha o seu valor, já que queremos o primeiro lugar do grupo, existe um mata-mata logo em seguida e não podemos perder um atleta para a fase eliminatória por conta disso. Não vale o risco.

Com as três mudanças, Martelotte divulgou a escalação com Tiago Cardoso; Marquinho, Vágner, William Alves e Tiago Costa; Anderson Pedra,Sandro Manoel, Renatinho e Natan;  Danilo Santos e Flávio Caça-Rato.    

- Temos a valorização de todo o grupo. Sandro Manoel e Flávio Caça-Rato vinham jogando, enquanto William Alves atuou na partida passada e todas a vezes eles foram bem. Então nossa equipe não perderá qualidade. Manterá o nível e ainda terá neste confronto uma oportunidade para esses jogadores.

Outra novidade contra o CRB estará no banco de reservas. O volante Léo, xodó da torcida, foi relacionado para viagem e pode ser ultilizado durante a partida. O atleta, que estava emprestado ao Bragantino, se reapresentou depois do grupo, o que atrapalhou o seu desenvolvimento neste início de ano.

- Está faltando oportunidade para Léo jogar. Não estou encontrando situações para ele atuar. Léo vem melhorando, treinando forte e está numa disputa sadia com Sandro Manoel e Luciano Sorriso. Os dois estão bem, com Sorriso como titular, então não é fácil para nenhum deles. Léo não estava jogando no Bragantino e no Santa Cruz, em 2012, por isso está um pouco abaixo dos outros, mas espero que, quando for acionado, esteja pronto para corresponder a expectativa.

Via: Globo Esporte

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Sorteio BCC - T.C.M.O.E.E. MINHA COBRA

O Blog da Cobra Coral em parceria com os amigos da Troça Carnavalesca Mista, Ofídica, Etílica e Erótica MINHA COBRA, vai sortear uma Camisa do Bloco para os Torcedores que o acompanham!

Este ano o Bloco homenageia o ilustríssimo Tricolor e artista plástico Bajado, e escolheu um de seus quadros para retratar na camisa 2013. Para Participar basta responder à seguinte pergunta com o link do Facebook aqui nos comentários:

QUAL O NOME DO QUADRO DO TRICOLOR BAJADO QUE ESTAMPA A CAMISA DO BLOCO ESTE ANO?



O nome desse quadro é relacionado a uma manifestação cultural tipicamente Pernambucana que 05/12/2012, foi considerado PATRIMÔNIO CULTURAL, IMATERIAL DA HUMANIDADE.

O sorteio será realizado nesta Sexta-feira às 19:00 Horas e anunciado no CoralFace Santa Cruz, a entrega será realizada no dia do Bloco pela equipe do Blog da Cobra Coral.

Participe da promoção, ou adquira já a sua camisa por:

Telefone: 8755-4440 ou 9917-3959, fale com Esequias Pierre e faça sua reserva.
E-mail: esequiaspierre@hotmail.com
Twitter: @EsequiasPierre

Obrigação do Folião Tricolor é participar do MINHA COBRA!