domingo, 16 de dezembro de 2012

Mesmo em crise com a direção, Weslley não pensa em deixar o Santa

Meio-campo criticou recentemente o clube, admite que não rendeu o esperado em 2012 e quer ficar no Arruda para a próxima temporada

As recentes declarações do meio-campo Weslley caíram de uma maneira pesada no Arruda. Depois de fazer críticas aos salários atrasados, a diretoria tricolor irá promover uma reunião onde estará em pauta a permanência (ou não) do jogador no clube.. Enquanto isso, o meia, que tem contrato até 2014, continua de férias em Goiânia, mas diz que recebeu um contato da direção tricolor.

- Eu falei com o Constantino. Ele procurou me tranquilizar e reforçou que a diretoria está trabalhando pra sanar as dívidas. Por enquanto, vou esperando.
   

 O meia viu toda a situação que envolveu o volante Memo. Acompanhou o desenrolar da história e afirmou que, em outro momento, já pensou em fazer o mesmo.

- Esse imbróglio do Memo foi difícil. Garanto que foi pra ele também. Em outro momento, pensei em colocar o clube na Justiça e fazer o mesmo. Mas agora, eu estou esperando pelo Santa Cruz. Sei que a situação do clube não é fácil e eu compreendo totalmente. Mas eles têm que entender a situação dos atletas também.

Apesar da situação do atleta com o clube estar conturbada, Weslley garante que não pensa em deixar o Santa Cruz.

- De maneira nenhuma. Esse tipo de problema de vez em quando acontece em alguns clubes do Brasil. Não penso em deixar o Santa, muito pelo contrário. Sei que não rendi em 2012 como rendi em 2011 e quero me recuperar, afinal eu tenho uma dívida com a torcida também - finalizou o meia.

FONTE: Globo Esporte 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer crítica que não seja construtiva será excluída.