quinta-feira, 10 de maio de 2012

Na final, Caça-Rato sonha com gol para cair nas graças da galera

De vilão a herói. No que depender do atacante Flávio Caça-Rato, do Santa Cruz, este será o roteiro da sua história no Campeonato Pernambucano. Vaiado pela torcida no início do torneio, o jogador sonha em acabar a competição ovacionado pelos tricolores. Mas para conseguir ganhar o status de “mocinho”, o camisa 11 sabe que terá a missão de ajudar o Tricolor na busca pelo bicampeonato contra o Sport, no próximo domingo, às 16h, na Ilha do Retiro.

- Acho que fazer o gol é muito importante para ,e consagrar. Fico até imaginando, pois seria algo muito importante. Estou um pouco ansioso e nem saberei o que fazer se marcar o gol.
Na avaliação do atleta, a única coisa que o separa dos gols é a sorte.

Flávio Caça-Rato - Santa Cruz (Foto: Aldo Carneiro)

- Fazer mais do que eu venho fazendo é impossível. Estou tentando de todas as formas entrar na zaga adversária, mas o gol não sai. Porém , tenho certeza que um dia vai acontecer e espero que seja domingo.

Com passagens em clubes de pouca expressão no futebol nacional, e uma transferência frustrada para atuar no território croata, Caça-Rato mal vê a hora de decidir sua primeira final em um clube de tradição. Para o jogador, o fato de vestir a camisa do Santa Cruz é uma vitória.

- Nesta semana eu estava conversando com a minha mãe sobre tudo que aconteceu na minha vida. Tanto as boas e as ruins. Tive algumas lições por algumas coisas que fiz, mas estou muito feliz com o que está acontecendo e por estar aqui.

Mesmo elogiando seu desempenho nos últimos jogos, Flávio Caça-Rato admitiu que ainda precisa melhorar seu poder de finalização. Tanto que só conseguiu balançar as redes dos rivais em cinco oportunidades. No entanto, para melhorar seus números, ele espera contar com a ajuda de Dênis Marques, artilheiro do Pernambucano, com 14 gols.

- Vou fazer aquilo que venho fazendo, que é partir para cima dos adversários e se derem uma brechinha vou entrar com bola e tudo. Jogar ao lado do Dênis Marques é bom, porque todo mundo vai se preocupar com ele e se sobrar alguma bola, o Caça estará lá para completar para o gol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer crítica que não seja construtiva será excluída.